Tijuco Preto – Refúgio Serra Fina

Quando me chamam de doida e afins, pelos perrengues que a gente adora enfrentar, todos têm razão hahahaha

Ainda mais quando outros doidos topam minhas loucuras…

Resumindo: resolvi fazer as fotos para o meu casamento na crista da Serra Fina. Noivo topou, fotógrafo também! Subir não foi fácil, com um monte de mochila e ainda lutando para manter o cabelo e a maquiagem inteiros hahahahah

Mas o resultado foi incrível!! (Só tenho alguma fotos, depois do casório posto mais, para inspirar as noivinhas da montanha!)


Claro que aproveitamos o fim de semana para treinar! Nani e Fernando, meu alunos da assessoria também foram para o Refúgio Serra Fina e programamos um treino para o domingo. Acordamos cedo, tomamos aquele café maravilhoso do Refúgio (nos empanturramos tanto que tava difícil subir). Nossa idéia era subir o Tijuco Preto, que eu nunca tinha subido durante o dia, só na KTR. E depois subir o Capim Amarelo. Iria dar um belo treino de 2000mts de altimetria.


Porém, contudo, entretanto, todavia… eu tinha esquecido que a subida para o Tijuco era beeem puxada! Foram 3,3km que acumularam 830mts+… muuuuita subida.


O visual lá de cima é incrível!! E a descida é bem travada, com vários trechos de corda… Demoramos um pouco mais do que esperávamos pra fazer toda a trilha e abortamos a missão de subir também o Capim Amarelo, pois demoraríamos muito para terminar e atrasaria nossa volta pra casa.


Além da trilha e do visual serem lindos, a trilha ainda reserva duas surpresas: o Poço do Alto e a Cachoeira da Divisa. A trilha é muito bem marcada e sinalizada, então é bem fácil encontrar os acessos para ambos os lugares.

Poço do Alto


Cachoeira da Divisa


O acesso para a Trilha do Tijuco Preto só é possível se você estiver hospedado no Refúgio Serra Fina, pois faz parte da propriedade.

Hospedar-se no Refúgio é uma experiência à parte. Além de ser um lugar lindo, vale a troca de experiências com o Mauricio (Proprietário), que tem um vasto conhecimento em alta montanha. O café da manhã, almoço e janta são imperdíveis (café está incluso na diária).

Para mais infos: www.refugioserrafina.com.br

Deixe seu comentário