Desafio das Serras – Dia 2 – Como foi!

Para ver como foi o “dia 1” do desafio das serras clique aqui

Não dormi muito bem durante a noite, o cansaço, as dores no corpo, o vento forte que parecia que ia levar a barraca e o desconforto de dormir em um saco de dormir fizeram com que eu acordasse diversas vezes. Não eram nem 5 horas da madrugada eu já estava acordada, isso porque a largada seria só as 8h30… tentei dormir mais um pouco, mas não rolou e então fiquei admirando o sol nascer lindamente…

O corpo estava cansado, mas as pernas estavam inteiras (valeu Vanessa). O que doía consideravelmente era o trapézio, certamente pelo peso da mochila. Levo muita comida com medo de faltar e acaba ficando bem pesado, fora que bebo muita água, então sempre carrego o máximo possível.

A organização ofereceu um café da manhã muito bem servido e caprichado. Bolo, pão na chapa, pão de queijo, café, iogurte, salada de frutas. Sem miséria. Comemos bem e fomos organizar as malas e mochilas para a largada que seria logo em seguida.

Antes de largar pedi a Vanessa que soltasse um pouco meu trapézio, o que aliviou bastante. A Barbara amanheceu bem melhor. O percurso do segundo dia também era mais fácil e a maior parte dele era descida.

A PROVA VAI COMEÇAR AGORA

Largamos e seguimos em silêncio pela maior parte do tempo. Os primeiros 10kms foram pela estrada de terra que terminamos o primeiro dia. Era em maior parte descida, mas contava com algumas subidinhas. Eu tentei me manter correndo a maior parte do tempo e estimulando a Barbara a também não parar. A única coisa que ficava na minha cabeça martelando o tempo todo era: quero chegar logo e acabar logo com isso.

Nunca tinha corrido duas distâncias longas seguidas. O mais perto disso que fiz, foi treinando para o próprio desafio onde fiz 40km no sábado e 20km no domingo. Então completar os dois dias longos seria ultrapassar uma barreira física e psicológica. Eu estava me sentindo bem. Me senti forte e preparada os dois dias. Claro que não estava sobrando, mas também não estava morrendo.

Por volta do km 23 veio a primeira subida de verdade. Tentamos manter a subida forte para que a dupla que vinha logo atrás não nos ultrapassasse. Apesar que, no primeiro dia, abrimos uma diferença de 13 minutos, mas mesmo assim não queríamos correr o risco (lado competitivo aflorado hahahah).

A subida pesada manteve-se até o km 27, quase no final da subida encontramos o Danilo que gentilmente cedeu seu trekking pole para a Barbara, que ajudou muito ela terminar a subida. Nesse momento quando achávamos que a subida tinha acabado e iríamos começar a descer, o staff falou que deveríamos virar a esquerda e seguir por uma volta de 4kms com mais 2kms de subida. A impressão que dava era que não iria acabar nunca.

Desse ponto em diante seguimos alternando corrida e caminhada. Não tínhamos mais pernas e muito menos psicológico. E seguimos os três juntos até a linha de chegada. Foi emocionante chegar junto mais uma vez de pessoas tão queridas. A Barbara, minha dupla de tantas outras provas e o Danilo completando sua primeira ultramaratona. Sou muito grata por ter tantas pessoas incríveis e do bem junto comigo. A parceria de vocês não tem igual.

é pódio!

Fechamos o segundo dia de prova em 5 horas e 20 minutos e em PRIMEIRO LUGAR DUPLA FEMININA (pensa numa felicidade). Foi realmente muito legal subir no lugar mais alto do pódio em uma prova tão incrível como essa.

agradecimentos

Argentino, Danilo, Marcão, Fernando e Renier parabéns pela prova e obrigada pela parceria e amizade de sempre.

Ge, muito obrigada pelo suporte que nos deu no sábado e no domingo. Foi fundamental e ajudou muito na nossa logística.

Fisionoesporte e Vanessa obrigada pela parceria. Vocês são peças fundamentais no nosso dia a dia para evitar lesões e nos tratar quando abusamos, e nessa prova vocês foram incríveis. Não é qualquer um que topa estar em um evento como este, dormindo em barraca e ainda abdicando do fim de semana de descanso. Um muito obrigada também a Michele, que me tratou de uma canelite chata nas últimas duas semanas e me deixou zerada para a prova.

Gostaria de parabenizar a organização impecável do Desafio das Serras. Vocês surpreenderam e proporcionaram uma experiência incrível para todos nós. A Corrida de Montanha no Brasil só engrandece com eventos desse porte.

Por aqui as dores pós prova continuam rsrs… Agora é recuperar e descansar, pois nem só de corrida vive este ser aqui. Por enquanto sem provas no calendário, porém muuuuitas trilhas para explorar. E é claro que vocês acompanharão por aqui… Quem vem?

#televopratrilha

 

3 comentários sobre “Desafio das Serras – Dia 2 – Como foi!

  1. Gabriel disse:

    Parabéns mais uma vez, meninas!!!
    Que prova! Que experiência!
    Ainda não estou nem andando direito (isso pq fiz metade do que vocês fizeram) e a cada relato que eu leio me dá mais vontade de voltar lá e correr tudo de novo! rsrs

    • isadoramartinspersonal disse:

      Ahhh foi demais!! Hoje bateu até saudades… ano que vem certamente estaremos de volta!! Se bom encontrar vcs pelas trilhas!! beijoo

Deixe seu comentário