Chapada dos Guimarães + Nobres, MT.

UHUU férias!

Eu, Sassa, tirei férias em Fevereiro e após passar 1 semana em Ilha Grande, RJ fui visitar pessoas queridas que moram em lugares legais: Salvador e Cuiabá.

Passei mais uma semana em Salvador na casa da prima Clara e uma semana em Cuiabá, na casa do Dedé, amigo da facul. E é sobre essa última viagem que vou contar.

Cuiabá, apesar de não ter muita coisa pra se fazer, nem visitar, tem coisas legais, vou dar dicas depois no final. Mas, o legal mesmo de Cuiabá é que fica super perto de locais maravilhosos de se visitar, mas não exatamente em fevereiro. Hehe.

É possível visitar três dos maiores e mais importantes biomas do Brasil partindo da capital do Mato Grosso: o Pantanal na época da seca (maio a setembro), o cerrado da Chapada dos Guimarães e a transição do Cerrado com Amazônia em Nobres. Imagina a diversidade de fauna e flora!

Bom, em fevereiro não foi a melhor época, só chovia! Pantanal, esquece! Consegui ir um dia pra Chapada, e um para Nobres infelizmente!

Chapada dos Guimarães

Ela está a 64kms de Cuiabá, com estrada em bom estado. Fomos de carro, mas é possível pegar um ônibus na rodoviária.

A estrada pra Chega na Chapada é linda.

No trajeto, antes de chegar à Chapada é possível visitar a Cachoeira Véu da Noiva, de acesso super fácil, não paga para entrar. O visual da Cachoeira é impressionante, ela é muito bonita, imperdível.

Véu da Noiva

Eu, Dedé e Karine. Valeu queridos pela estadia e companhia!

Depois fomos para o Mirante do Centro Geodésico, também não paga nada pra chegar, de fácil acesso. E…..começa a chuva e frio. Sim, fez frio! Surreal, porque Cuiabá é um calor desgraçado. Voltamos pra Cuiabá.

Tentei em outro dia ir mais uma vez pra Chapada, porque em Cuiabá o tempo estava bom! E chegando lá… chuva chuva chuva, tempo horrível, neblina. O jeito foi tomar um café na cidade e voltar pra Cuiabá. Fiquei tão frustrada que não quis mais saber de me aventurar por lá e perder viagem.

Nobres

No meu último dia de passeio, fomos para Nobres. Fica a 150 kms de Cuiabá e é um lugar simplesmente imperdível. Fomos no Aquário Encantado, é o que impressiona mais por sua beleza, mas de acordo com a moça da agência, não é o que tem mais vida pra ver. Mais difícil ver arraias e peixes maiores.

Achei muito impressionante! O poço até que pequeno em dimensão, tem uns 5 metros de profundidade e é surreal olhar pro fundo, é muito fundo e você enxerga tudo, água cristalina.

Queríamos ir no mesmo dia na Cachoeira da Serra Azul, no SESC. Como estava com muita sorte nessa viagem, a moça da agência nos disse que ela tinha sido fechada no dia anterior. Sério!?

Bom, ciente de que realmente não fui na melhor época, voltamos pra Cuiabá e no dia seguinte, voltei pro Rio. Certeza que tenho que voltar, só me deixou ainda com mais vontade essa história de chuva.

Pra chegar no Aquário Encantando, vamos de trator até o início da trilha.

Início da trilha

Aquário Encantado, lindo!

6 metros de profundidade

Valeu pelo passeio Dedé!

Flutuação no Rio Salobra

Dicas e informações

– Vá na seca, de Maio a Setembro pra poder conhecer os três biomas.

– Va comer uma peixada em Bonsucesso na na margem do Rio Cuiabá.

– Em Cuiabá visite a Casa do Artesão no SESC, comprei coisas lindas regionais.

– A estrada de Cuiabá para a Chapada é inteira sinalizada, todos os atrativos estão sinalizados pela rodovia, principalmente os que não necessitam de guia. Os melhores passeios só com guia. Visite a Página: http://www.chapadadosguimaraes.com

– Em Nobres todos os passeios são feitos por agências cadastradas e os preços são tabelados. Fechamos com uma agência em Bom Jardim.

– Nobres tem o mesmo tipo de turismo de Bonito. É menos turístico, a cidade tem menos estrutura, mais rústico. Eu adorei. Não usar protetor solar, ou usar um biodegradável. Dá pra levar GoPro!

-Distâncias de Cuiabá: ao Pantanal, 218kms; à Chapada dos Guimarães, 64kms; à Nobres, 150kms.

 

Deixe seu comentário